Plástico nas saquetas de chá

O Plástico por Trás das Saquetas de Chá

Com a chegada do tempo frio, o chá é uma das bebidas prediletas para nos mantermos quentinhos.

No entanto, este pequeno conforto ao qual muito facilmente temos acesso, tem um problema, contribui para a poluição no planeta e prejudica a nossa saúde.

Normalmente, encontramos imensas variedades de chá e/ou infusões nos corredores do supermercado e somos tentados a querer experimentar todos! Contudo, já repararam bem nas embalagens dos mesmos? É uma caixa de cartão, muitas delas trazem uma película de plástico fino à volta, para evitar que estas sejam abertas no local da compra, e para além disso a saqueta vem protegida por bolsas individuais que podem ser ou de plástico ou de papel. Só isto cria imenso lixo, mas o problema não acaba aqui! Conseguem adivinhar onde é que o chá tem mais plástico escondido? Na sua própria saqueta!

E por isso é que decidimos escrever este artigo. Quanto mais pesquisamos, mais percebemos que o plástico chega muito facilmente até ao nosso organismo e que ainda existem muitos artigos do nosso dia a dia que o têm na sua composição e nós nem sabemos.

 

Consumo de chá em Portugal 

Sabiam que o chá é a bebida mais consumida a nível mundial, logo a seguir à água? Anualmente, são ingeridos cerca de 300 mil milhões de litros de chá em todo o mundo!

Contudo, em Portugal, o consumo de chá ainda é bastante baixo comparativamente a outros lugares no mundo, mas tem vindo a crescer bastante ao longo dos anos. Já a cultura do café, está muito enraizado na nossa cultura, tal como em todos os países do sul da Europa ( França, Itália, Espanha, Grécia etc..).

Para terem uma noção, em 2016 foi realizado um estudo pela Marktest, sobre o consumo de chá no ano de 2015, onde foram entrevistados cerca de 5871 mil pessoas (apenas de Portugal Continental), onde 69,7% afirmaram beber chá em saquetas, tal como podem ver no gráfico abaixo.

Plástico nas saquetas de chá

Apesar de sermos um povo onde não existe muito o hábito de consumir este tipo de bebida, é o suficiente para existir desperdício! Se tivermos em consideração que o recomendado por pessoa, por exemplo para o Chá Verde, são cerca entre 3 a 5 chávenas de chá por dia, se uma pessoa em cada dose recomendada utilizar uma saqueta, já imaginaram no número de saquetas que a mesma vai utilizar? 

Se fizermos as contas, numa semana pode-se chegar a consumir aproximadamente 35 saquetas! Que para além de irem parar ao aterro, deixam a sua marca no nosso organismo.

 

O Plástico nas saquetas de chá 

Sempre que vão beber chá, já pararam para pensar de que é feita a saqueta?

Um estudo feito pela Universidade McGill, no Canadá, concluiu que apenas uma saqueta de chá liberta milhões de nanopartículas de plástico, que depois são ingeridas por nós! Assustador não é?

Apesar da ingestão de microplásticos ser cada vez mais uma realidade para nós enquanto seres humanos, de acordo com a revista científica Environmental Science & Technology, a quantidade destes pequenos plásticos descoberta no chá é muito superior à quantidade que se estima ser ingerida por seres humanos em outros alimentos.

1. Como é que se chegou a essa conclusão? 

De forma, a obter resultados mais fidedignos, o estudo realizado pela Universidade McGill, consistiu em submeter 4 saquetas de chá diferentes à mesma temperatura. Os investigadores simularam e prepararam as condições o mais parecidas possível preparação do chá. Assim sendo, cada saqueta foi mergulhada durante 5 minutos em água a ferver a 95ºC.

2. E o que descobriram?

Após terem examinado a água obtida através chegaram à conclusão que:

  • Cada saqueta liberta aproximadamente 11,6 mil milhões de micropartículas e 3,1 mil milhões de nanopartículas de plástico para a água.
  • O nylon e o politereftalato de etileno (PET), encontram-se em maior quantidade nas amostras de chá do que em outros alimentos que já foram analisados.

Curiosidade: Segundo o jornal The Guardian, o nylon como o politereftalato de etileno, são 150 vezes menores que um fio de cabelo e conseguem facilmente alojar-se na nossas células.

Plástico na saqueta de chá

Uma coisa importante a ter em consideração, é que este estudo foi feito apenas em saquetas de plástico, por isso o importante a reter, é que devemos evitar ao máximo comprar chá que tenha saquetas deste género. No final deste artigo, damos algumas dicas de como o podem fazer!

Para reforçar, a importância de não se consumir chá em saquetas de plástico, deixamos aqui o testemunho da investigadora Laura Hernandez , uma das responsáveis deste estudo numa entrevista à BBC NEWS.

” Encorajamos os consumidores a escolher chás avulso que são vendidos sem embalagem ou em saquetas de papel. Não há necessidade de embalar o chá em plástico, que no final do dia se torna em plástico descartável”
– Laura Hernandez, investigadora na Universidade McGill

 

Falámos muito sobre microplásticos, mas sabem o que são? Plástico nas saquetas de chá

De uma forma muito resumida, os microplásticos são pedaços de plástico muito pequenos que têm origem na desintegração de resíduos de plástico maiores. Muitos investigadores, já comprovaram a sua presença no solo, nos rios e até no ar.

Para terem uma noção, segundo um estudo da revista científica Frontiern Marine Science, apresentado num artigo do jornal Observador, existem 25 vezes mais microplásticos no fundo do oceano do que se pensava! Estes plásticos têm aproximadamente cinco milímetros ou até menos menos e são provenientes de artigos de plástico muito maiores como sacos, copos, garrafas, por exemplo.

 

Como descartar as saquetas de chá? – H2

Mas se as saquetas de chá têm plástico, podemos colocar no ecoponto amarelo? A resposta é não! As saquetas de chá devem ser colocadas no lixo indiferenciado.

Não sei se já pesquisaram, mas uma das coisas que dizem que se pode colocar num compostor doméstico são saquetas de chá. E não está errado de todo, se as saquetas forem de papel ou compostáveis. No entanto, colocar saquetas de plástico no compostor, não vai adiantar de nada porque não se vai degradar. 

Uma experiência que achámos muito interessante, foi a da loja Simple Ecology, onde colocaram uma saqueta de chá num compostor doméstico onde após 6 meses ainda não se tinha degradado. Para além disso, encontraram uma saqueta de chá quando estavam a replantar uma planta. Provavelmente, a mesma foi colocada ali quando utilizaram o composto proveniente do compostor caseiro.

 

Testemunho sobre a experiência Simple Ecology:

“Durante anos, coloquei as nossas saquetas de chá usadas ​​no nosso compostor doméstico, porque pensava que eram feitos de papel e que se decomponham com os nossos restos de comida. Ao usar o último lote de composto para plantar alguns vegetais, havia uma quantidade chocante de saquinhos de chá que não se tinha decomposto. O saco da esquerda ficou cerca de 6 meses no compostor, ainda dá para ver o fio(provavelmente poliéster) e uma parte da etiqueta.  Na imagem à direita, está uma saqueta que encontrei quando estava a replantar uma planta. Deve-me ter escapado quando coloquei o composto como fertilizante na mesma.”

– Simple Ecology

plástico nas saquetas de chá

 

Alternativas ao chá de saquetas! 

Depois de termos incluído as saquetas de chá  na nossa lista de produtos a evitar, está na altura de vos apresentarmos soluções! 

1º Optar por chá e/ou infusões a granel

Plástico na saqueta de chá

Adquirir chá a granel, ajuda imenso a diminuir a quantidade de embalagens que levam para casa. Podem levar o vosso frasco de vidro e enchê-lo com a quantidade que pretendem. 

Se não tiverem uma loja a granel perto de vocês, podem sempre comprar online. Já existem algumas lojas no nosso país a vender chás desta forma ou então em latas de alumínio que depois podem ser reutilizadas ou recicladas. Contudo, tenham em atenção ao chá que vem desta forma. Algumas marcas, costumam embalar as folhas de chá em plástico e depois colocam dentro de uma lata de alumínio.

 

Algumas sugestões de lojas que vendem chás e/ou infusões a granel:

Se quiserem ver onde existem lojas a granel perto da vossa localização, espreitem o site agranel.pt

 

2º Utilizar um utensílio sem plástico!

Plástico na saqueta de chá

Ao longo do artigo mostrámos as várias razões, pelas quais se deve evitar as saquetas de plástico. E por isso, a nossa sugestão é tão simples quanto esta:

Utilizem utensílios como um infusor, um passador ou até mesmos saquetas de algodão próprias para chá. Poderão encontrar no nosso site algumas destas opções, caso não tenham ou não consigam arranjar em segunda mão de um familiar, amigo ou lojas de artigos usados.

Não se esqueçam que para além de diminuírem o vosso lixo, diminuem a quantidade de microplásticos no vosso organismo. Cuidar do nosso planeta é sem dúvida alguma cuidar da nossa saúde. Quanto mais sustentáveis formos, mais conseguimos cuidar de nós próprios e do ambiente.

 

Desafio!

Caso tenham chegado até aqui, partilhem connosco nos stories o vosso kit de chá sem plástico com a hashtag #NãoQueroPlásticoNoMeuChá! Vamos inspirar e consciencializar toda a nossa comunidade de mindthetrasherianos a beber chá de forma sustentável e saudável!

Pedimos só é que nos identifiquem, porque queremos muito ver as vossas fotografias, caso decidam participar neste movimento!

P.s: Não precisa de ser uma coisa toda elaborada, apenas queremos ver quantos de vocês já deram este passo na vossa jornada sustentável. Se ainda não o fizeram, não há problema. Não se esqueçam: Um passo de cada vez!

Deixe uma resposta

Options